iPhone já representa 49,7% do acesso móvel à internet no Brasil

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someone

iPhone no Brasil pela Vivo Vivo pretende trazer o aparelho para o país a partir de maio deste ano, ainda para os dias das mães. Segundo a Predicta o crescimento do uso do aparelho foi de 1.129% nos últimos 6 meses.

Veja as matérias na AdNews e na Folha Online.

(ps: caros amigos jornalistas, o correto é “cookie” e não “cook” como está nas matérias)

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Email this to someone

9 comentários em “iPhone já representa 49,7% do acesso móvel à internet no Brasil

  1. Nos EUA, segundo a última apresentação de S. Jobs, dia 6/3, o iPhone já responde por 71% dos acessos por browsers mobiles

  2. Michel,
    Apesar de saber da importância que o iPhone já possui (mesmo ainda sem ser vendido ‘oficialmente’ aqui), olhar apenas pelos dados da Predicta é uma distorção muito grande.
    Vários mobile sites (blogs, serviços, notícias, etc.) e aplicativos não são computados por eles, e já são muito utilizados por usuários com os mais diversos celulares.
    Acredito que esta estatística seja mais representativa apenas para os grandes portais que ainda não possuem uma versão móvel, onde certamente o iPhone é uma das poucas alternativas viáveis de acesso.

  3. Fala Michel!
    Há uma certa dose de entusiasmo e confusão nesses números que a Folha cita.
    Primeiro, precisamos entender o que é acesso à internet. As operadoras têm seus portais mobile que combinam venda de conteúdo e browsing de informação, com portais de veículos como Abril, OGlobo, Terra, UOL, etc.
    Esses portais são acessados via wap (wireless application protocol) e não devem deixar de ser considerados como internet móvel.
    Logo, importante lembrar que só na Claro são quase de 2MM de usuários únicos/mês. Sem dúvida, algumas centenas de vezes maior que o numero de iPhones no Br. Nessa linha, soa absurdo esse dado. Ach que Predicta poderia nos ajudar a entender isso.

    Abs!

    Léo

  4. Oi Michel, deixa eu engrossar o coro do pessoal da mobilidade. Segue o email que enviei para o Blue Bus:

    ===
    Acho extremamente improvável o número apresentado – 49,7% de acessos à internet móvel no país feitos pelo iPhone. É subestimar a web móvel e superestimar a penetração do iPhone. Alguns números rápidos ajudam a olhar para estes dados com mais cuidado: dos 123M de usuários de celular no país, estima-se que 5% acessem à web no celular.

    A mais conservadora estimativa exclui os portais das operadoras, e apresenta 1% dos usuários – ou 1,23M de pessoas utilizando a web no celular (excluindo o acesso ao portal das operadoras, vamos ressaltar isso).

    E, por fim, vem o viés evidente da Predicta estimar os acessos não à internet móvel – mas à internet PC (vamos chamar assim) pelo celular. O que vai excluir a maior parte dos acessos à web móvel – bem como deixar de lado as propriedades da Abril no celular, UOL, Terra, IG, Valor, e mais uma série de outros players que vêm implementando sua estratégia móvel.

    Enfim, é uma medida de quantos acessos aos sites “normais” partiram de um celular. E não de quantos acessos foram feitos ao que vamos chamar de internet móvel – sites desenvolvidos e planejados com a mobilidade em mente. O que é muito diferente de “miniaturizar sites”, aliás.

    ====

    Esta discussão é tão fundamental que na Europa está havendo uma guerra entre os que dizem ser importante acessar aos sites normais pelo celular (e portanto usando transcoders sofisticados) e os que dizem que a mobilidade exige um outro pensamento, um outro desenvolvimento – e portanto, nada de transcoders.

    Abraços,

    Terence

  5. Não sei porque, mas eu não consigo levar fé no iPhone em maio… Eu ando mto cético em relação aos produtors da Apple no Brasil de um modo geral. Apesar de curtir e ser usuário, é complicado achar os modelos mais novos (Macbooks do mês passado nem sonham em chegar aqui), sem contar o Suporte que é péssimo. Acho que eles deviam primeiro se preocupar com outras coisas. Por exemplo, iPhone sem iTunes?? Não tem iTunes no Brasil por diversos motivos, como iríamos habilitar o celular? só se eles fizerem algum remendo para desencalhar os aparelhso de 4gb que ficaram encalhados por lá…

Comentários fechados.