Um papo meu com Tom Ritchie do AdBuzz sobre publicidade, mobilidade e outras ‘dades’ :)

O canadense Tom Ritchie, fundador do AdBuzz, veio ao Brasil e tivemos a oportunidade de tomar um café e trocar idéias sobre a .Mobi e reflexões sobre os caminhos da publicidade. O resultado você pode assistir na entrevista em vídeo abaixo. A conversa esté em inglês e Infelizmente o ruído de fundo está bastante alto e atrapalha, mas quem tiver interesse, pode acompanhar. 🙂

Leia Mais

E os hotsites chegam aos devices da Apple (iAds)

Para quem não tinha visto ainda, aqui está uma demo feita pelo Steve Job dos ‘iAds’. São basicamente hotsites simples para iPhone / iPad feitos em HTML 5 (SEM Flash, como o Jobs fez questão de enfatizar).

Aqui não há nada de muito original ou criativo, mas a integração com hardware e software dentro da plataforma Apple deixam o formato muito poderoso.

(Via Stanlei Bellan)

Leia Mais

Separação ainda maior das categorias interactive no One Show, um contrasenso?

A compreensão de que no digital tudo muita muito rápido e a criação da competição trimestral do One Show Interactive, agora sendo possível se ver os trabalhos concorrentes antes da votação é sem dúvida bacana. Mas será que esta mudança de formato só no interactive não causa separação ainda maior entre o One Show ‘publicitário’ e o ‘interativo’? Não seria um contra-senso a estas alturas do campeonato, onde tanto se discute que, para o consumidor, as diferenças entre os meios é cada dia mais imperceptível e se buscam ações e formatos cada vez mais integrados?

(Via @raphav)

Leia Mais

Magpie / AdBird: Twitter meets AdSense

Pronto, chegaram os sistemas de anúncios dentro do Twitter no estilo AdSense. Você se cadastra e o bicho vai lendo o seu conteúdo e colocando anúncios contextualizado no meio dos teus tweets.  Será que decola como modelo de negócio? Será que os followers vão aceitar os anúncios numa boa?

Como funciona o Magpie

Me cadastrei no Magpie pra ver como funciona a ferramenta, mas não sei se o bicho fala português e vai entender as minhas tuitadas. Tem ainda o AdBird que, se não me engano, foi lançado primeiro e é feito pela galera brazuca do Boo-Box.

Vou testando a ferramenta de adtwitts por aqui e quando eu ficar milionário, conto para vocês. 🙂

Quer experimentar? Escolha Magpie ou o AdBird.

(Via @fseixas e @plamiral)

Leia Mais

Pequim terá a maior e mais cara campanha publicitária da história

E a pergunta que não quer calar é: quantos % disso vai ser gasto em online? 🙂

Copy+Paste do Adnews

 

Pequim, além de sediar a Olimpíada em 2008, pode ser motivo para a maior campanha publicitária da história. Os patrocinadores estão investindo bilhões para terem suas marcas associadas ao evento, mesmo depois que ele acabe. Segundo consultores de mídia, os anunciantes na China chegaram a gastar 19% a mais este ano, em relação ao ano anterior que totalizam 54,3 bilhões de dólares. Ainda há um chamado “efeito olímpico” que pode chegar a 8,6 bilhões de dólares em gastos extras.

A adidas, marca alemã de artigos esportivos e uma das 11 patrocinadoras oficiais do evento, espera superar a rival Nike, que patrocina atletas, mas não os jogos. É a maior campanha de marketing da história da companhia. Os patrocinadores olímpicos gastaram 3,2 bilhões de dólares neste ano.

Apesar dos bons números previstos, há um temor pela negatividade da imagem que a China pode trazer para as marcas, por conta dos problemas com o Tibete, que geraram protestos em todo o mundo no início deste ano e fizeram surgir a possibilidade de um boicote.

A adidas ainda prevê que o país sede dos Jogos se torne o segunda maior mercado do mundo até 2010, atrás apenas do norte-americano.

As informações são da Reuters.

Leia Mais